gravatar

A capacidade de descontextualizar Quique

O manhosísimo jornal O Jogo tráz hoje há estampa duas informações de cada treinador. Contudo, no que diz respeito a Quique Flores, resolveram escolher não as mais relevantes, mas as que podem ser mais polémicas... SE DESCONTEXTUALIZADAS!

Confissão
"a equipa não joga como queria"
» Porque escolheu O JOGO apenas o início da frase e não escolheu a parte seguinte "Houve jogos em que a equipa já foi algo parecida ao que quero"...???

Independência
"Comprei a liberdade há já muito tempo"
» FASE DE CAIXA! O JOGO queria com esta frase dar aos adeptos a ideia, novamente, de que Quique Flores poderá sair a qualquer momento, porque é independente. NADA MAIS ERRADO!
» Quique Flores teve esta afirmação a propósito de lhe questionarem se o lugar estava em risco porque só tinha o apoio de Rui Costa. Ele afirmou que isso não lhe interessava, que era uma pessoa idependente e que isso não fazia parte das suas preocupações. MAIS: "Sou um homem livre e, para além das especulações, sou uma pessoa razoável, responsável, que toma decisões em benefício dos clubes para os quais trabalho"

Os jornalistas não foram para as sua redacções avençadas, sem esta:

"Não se preocupem comigo, porque já há muito comprei a minha liberdade! Preocupem-se com o Benfica e se está bem ou não. O meu futuro resolvo eu e os clubes onde trabalho. Quando não estiver no Benfica, dentro de sete jornadas, ou dentro de 37, não vamos ver-nos"

Pois, caro Quique... o que eles mais pretendem é fazer-te a vida negra para... não voltarem a ver-te. MAS ISSO NÃO VAI ACONTECER! Conseguiram correr com o Trapattoni, ridicularizar Koeman, tornar insustentável Fernando Santos... mas nessa altura não havia "Projecto Rui Costa".

PS- Recordo que desde o início de época Quique Flores já recusou: Atlético Madrid, Newcastle e Bétis. Em todos eles seriam contratos de 3 anos, a ganhar mais e projectos de retorno a médio/longo prazo... enfim, inteligentes.