gravatar

Apresentação do SLBenfica

A primeira nota de todas vai para a afluência. Quase 58.000 pessoas a assistir ao jogo! Não que isso represente grande receita, porque foram muitos os convites a serem oferecidos e distribuidos, mas isso não é importante, dado que estamos em período de férias e isso é perfeitamente normal. Contudo, estarem 58.000 pessoas na Luz, ainda que tivessem ido todas de borla, seria sempre um elemento a registar com muito agrado...

Quanto ao jogo em si, o que dizer de 90' de Benfica e apenas uns fogachos de Atletico de Madrid? O Benfica esteve constantemente pressionante e orientado à baliza do Sporting de Espanha, mas falhou acima de tudo no último passe ou no remate. Algo perfeitamente normal em virtudo do momento da época...

Começando pelo treinador... Acho que qualquer dia vamos ter que começar a comprar bilhete para ver o "espetáculo Jesus". Ele corre, salta, grita, anda, gesticula, "insulta", ensina... o homem deve perder alguns 2kg por jogo!

Ainda no que respeita às opções do treinador, não terem sido apresentados Fillipe Bastos, Balboa e J.Ribeiro, deixa claro que, juntamente com Zoro, Bynia, L.Filipe, Makukula, Adu, não fazem definitivamente parte dos planos para esta época. Destes, o único poderá voltar à Luz como jogador do plantel sénior será Fillipe Bastos que irá integrar um empréstimo para rodar.

Quanto a "outras saídas", Moretto estará dependente do fecho das negociações com Victor, que poderá vir a custar mais do que Saviola... E Roderick estará na expectativa para uma mais que provável saída de Luisão. Nélson Oliveira está mesmo a caminho dos Juniores, e muito justificadamente.

Dos que cá ficam, por sectores, mantemos o nosso "calcanhar de Aquiles" na baliza. Quim e Moreira estão longe de convencer estar à altura do que se faz no resto do campo, mas ainda assim, penso que Moreira estará em vantagem (no que diz respeito à minha opinião). A MELHORAR!

Na laterais da defesa, Patric terá (espero) um ano sabático, pois aquele estilo descontraído "à brasileira" irá causar-nos muitos dissabores. A bola longe do pé, cabeça para baixo e pouco rápido a decidir. Tem potencial, mas.... muito trabalho pela frente, pelo que Maxi estará de "pedra e cal". Na outra ala, Sepsi não convence, mas esforça-se e Schaffer leva por isso toda a vantagem, ainda que tenha também que aprender a levantar a cabeça quando corre. Impressiona pela disponibilidade física e capacidade de centrar. REMEDIADOS/REGULARES!

Ao centro, Miguel Vitor e David Luiz darão cartas, com Sidnei à espreita, portanto três soluções de grande qualidade para escolher duas para o 11 titular. Com a saída (que espero) de Luisão, Roderick é uma alternativa que precisa crescer, mas tem grande potencial. GARANTIDOS AQUI!

No meio campo defensivo, Ruben Amorim, Yebda e Javi Garcia são as opções, com a titularidade a pender para o espanhol que ainda não conheço, mas que vai ter que justificar o investimento pornográfico). Ruben Amorim para mim será a alternativa natural e o gigante francês vai ter vida dificil. Eu apostava na venda de Yebda e manutenção do Fillipe para 3a opção, até porque também Ramires pode fazer esta função. GARANTIDOS AQUI!

No meio campo ofensivo as opções são Ramires, Urreta e C.Martins na direita, com vantagem para o brasileiro ainda que o Martins dê todas as garantias. Na esquerda teremos a dupla maravilhosa Coentrão e DiMaria, que dispensa apresentações, por mim podem jogar à vez! Ao centro Aimar é dono e senhor de uma qualidade plantária e DiMaria, Martins ou mesmo Ramires e Nuno Gomes podem ser alternativas. GARANTIDÍSSIMOS AQUI!

No ataque, para as duas posições, uma mais fixa e outra mais móvel, temos Cardozo com Saviola no onze, e à espreita Weldon para o lugar de Saviola e Mantorras e Nuno Gomes para o lugar de qualquer um dos atacantes.

MAIS PALAVRAS PARA QUÊ?! Rumo ao título...